O Fugitivo.

 

 

1º Parte.

 

 

1° O indulto de natal vai ser meu alvará, cerrar a pulseira eletrônica e nunca mais voltar.

2º Mudar o corte de cabelo, comprar uma identidade, descolar um trampo no sapato em outra cidade.

3º Cansei de gastar caneta escrevendo carta, denunciando maus-tratos pro juiz da comarca.

4º Os semiabertos pendentes, as crises alérgicas, o contêiner adaptado como cela.

5º Sem noção em engenharia pro túnel pra liberdade, mantive bom comportamento e fiz a oportunidade.

6º Contei o plano pra família na visita, 16 anos na rua e minha pena de 10 ta prescrita.

7º Nunca quis ta no organograma do Depatri ou Denarc, como o cabeça geral da comunidade.

8º Só virei cliente indesejável da Vivara, porque a atmosfera consumista exigiu roupas caras.

9º Tivesse tido o montante que o policia pediu, não tinha peregrinado pelas masmorras do Brasil.

10º Pequenas delegacias, negócios grandes, cédulas rasgam mandados, pulverizam flagrantes.

11º Portão aberto iniciada a contagem regressiva, mandato de busca em meu nome daqui a sete dias.

12º No SINDASP o agente pede pro Deus bondoso, que eu não tenha saído com o seu endereço no bolso.

 

 

 

2º Parte.

 

 

1º Ainda devo oito de cadeia pro estado, recapturado cumpro a pena integral no fechado.

2º 168 horas pra fazer a mudança, por os móveis na Kombi, dar adeus pros manos de infância.

3º Daí pra frente a regra é discrição máxima, distancia de mil metros de biqueira, bar e balada.

4º Andar de moto com garupa nem pensar, é erro clássico, é pedir pra rota enquadrar.

5º Como não tenho o dinheiro do Abadia, descartei mudar de rosto numa cirurgia.

6º Se fosse Ronald Bigs do trem postal, podia até morar na frente de um DP seccional.

7º Porque voltar pra um lugar que se eu ficar doente, tenho que mandar mensagem de texto pra parente.

8º To anorexo com dor torácica e ânsia, levanta 10 conto que o diretor chama a ambulância.

9º Em um minuto vegetando numa prisão, até Mahatma Gandhi ia mandar queimar busão.

10º Ia dar salve pra parceiro ir na ação homicida, pendurar o desembargador linha dura pelas tripas.

11º Quem sabe se detento pudesse votar, cárcere deixasse de ser açougue popular.

12º Quem sabe eu não fosse um processo parado, e a próxima foto estampando o site dos procurados.

 

 

3º Parte.

 

 

1º O boy vai mandar filho pra morar no exterior, enquanto inserir Carandirus no seu plano diretor.

2º Vai continuar com um rastreador por fio de cabelo, enquanto fizer esposa empacotar jumbo no correio.

3º Não cometi os pecados do fugitivo indultado, não procurei familiar, nem voltei pro antigo bairro.

4º Todo gambé da região conhece o movimento, cair nessa circunstancia é só questão de tempo.

5º Com a escolarização que adquiri atrás das grades, era pra eu ta preenchendo caderno de contabilidade.

6º 5 mil de F, 5 mil de C, 10 mil de M, menos 15 cruzeiro de quebra da PM.

7º Preferi um emprego humilde no lava rápido, tudo suave até a aproximação de uma tático.

8º Ao ouvir encosta aí, a perna dá uma bambiada, não consigo controlar o suor e a gaguejada.

9º A reação denunciou a condição de fugitivo, o verme joga um psico pra eu assumir que sou pedido.

10º Corri quando falou que o RG tinha falha, coloração azulada, uma letra borrada.

11º Primeira passo um tiro o rosto começa a formigar, visão turva, escurecendo, vou desmaiar.

12º Só me resta torcer pra não resistir aos ferimentos, como disse o ministro é melhor a morte do que ser detento.

 

 

Refrão:

 

    É você playboy que transforma o indulto, em porta de aço abaixada por motivo de luto.

    O benefício só vira missão e plano de fuga, porque o sistema carcerário é sinônimo de tortura.